Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Fotos

Baú de Relíquias - A bola não pára

Palmeirinha

Na esquina da Avenida Rio Branco junto à Casa Lavarda, o Grupo Escolar Visconde de Cairú e a Tipografia Kunde, havia um campinho meio irregular mas, a preceito, para a piazada da época praticar o esporte bretão.

Várias gerações de craques por ali passaram.

Mas a minha memória registra que, lá pelas tantas o Carlos Fernando Westfhalen Santos, se adonou do pedaço.

Depois o Banco fez-se proprietário do todo.)

Era dono da bola e das camisetas do Palmerinha.

Assim, jogava sempre e tinha a regalia de escolher os craques para a formação de sua equipe.


Copyright © João Jayme
Site desenvolvido por Mérito Propaganda