Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Fotos

Baú de Relíquias - A bola não pára

Chuteiras

As primeiras chuteiras – que os castelhanos chamam fobas – das quais se teve conhecimento na terra eram de cor branca, com o bico em couro escuro e com madeira na ponta para se fazer gol “de bico”.

Perduraram por muito tempo.

O comércio desses sapatos era incipiente e corria-se a fazer encomendas para seleiros e sapateiros para que as confeccionassem.

As traves delas chamavam-se garradeiras e às vezes tinham o formato redondo que iam até ao solado e eram presas por pregos de sapateiro, às vezes salientes.

Havia, porém, os mal intencionados que mandavam fazer as garradeiras de aço.

Em caso de uma perna atingida era corte na certa, mesmo porque raramente se usava caneleiras.

Era quando entravam em ação os massagistas com curativos de iodo - que ardia como o inferno – ou mercúrio-cromo, que deixava a pele com cor de sangue.

Mesmo as tornozeleiras vieram depois e usadas por cima das meias, para serem exibidas com destaque.


Copyright © João Jayme
Site desenvolvido por Mérito Propaganda