Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Fotos

Baú de Relíquias - A bola não pára

Centroavante

Para ser fiel com a historia e relembrar os centroavantes na nossa fase, nos principais times, éramos três: PENICILINA, no Aliança, CHARLES JONER no Paladino e este modesto escriba, JAYME no Juventus.

Sobre Penicilina, sentenciou o prêmio Esso de Reportagem, nosso conterrâneo Carlos Kolecza: “Nos presenteou um futebol mais inteligente e bonito ainda vivo em nossas memórias.”

Charles, dono de um pé direito muito potente e velocista nato, artilheiro de respeito..

Eu jogava pouco, mas me colocava bem na área assim marcando gols. Já em Porto Alegre, poucos anos atrás, fui interrompido por um cidadão – Sr.TRIPLER, que me perguntou: tu não és o Jayme?

Diante da minha confirmação disse ter acompanhado minha carreira esportiva, como morador em Três de Maio e torcedor do Oriental e que eu fora o melhor centroavante que ele vira jogar.

Meu ego subiu às alturas.

Agora, sem falsa modéstia, revelo esse segredo.

Que vale ficar numa ilha a sós com a Angelina Jolie e não poder contar!

Os segredos devem ser guardados, até por aí!


Charles, Jayme, Penicilina.

Copyright © João Jayme
Site desenvolvido por Mérito Propaganda