Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Fotos

Baú de Relíquias - A bola não pára

Willy Klaus

Na década de 50, veio trabalhar em Santa Rosa, escolhido a dedo pelos Irmãos Mayer, para chefiar a contabilidade da empresa, Willy Klaus.

Tratava a todos, subalternos e chefes, por senhor.

Naquele tempo era assim!!! - Até conosco tinha esse comportamento. A sós, ria às bandeiras despregadas.

Viera de Santo Ângelo, onde atuava como jogador do Elite. Jogávamos com ele, quando não era necessária a ficha, para amistosos. Um dia numa reunião dançante no Cultural, as gurias de nossa torcida puseram-no contra a parede e capitulou, assinando ficha pelo Juventus.

Copyright © João Jayme
Site desenvolvido por Mérito Propaganda