Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Fotos

Baú de Relíquias - A bola não pára

Pelas Platibandas

O Dr. Monte Alvar – legenda do Paladino F. C. – decidiu, por indicação de Vado, um atacante do clube, contratar Arthur da Silva Ribas, popular Caieira, ex-jogador do Nacional de Cruz Alta, para treinar o “colorado santarrosense”. CAIEIRA, que logo se popularizou em Santa Rosa, exercia liderança eficiente ante os “boleiros” do clube e granjeou logo a simpatia da torcida.

Na sua estréia, fez um “h”:

– Não tenho nada a esconder, os amigos da imprensa estão convidados para assistir à minha “preleição “antes da partida”.

Lá foram Paulo Araújo, Pedro Comaru, Geová Müller, Francisco Delmar... E eu.

Caieira, sem cerimônia, distribuiu as camisetas e falou, alto e bom som:

– É aquilo que já eu expliquei nos treinos: vamos sentar os baques e arrecuar os alfes; fechado para não levar. Quem abre, toma. Quando tivermos a bola, vamos atacar pelas platibandas e cruzar para o mosquedo - no entrevero é que morre gente. Em úrtima análise: cada um agarrra seu homem e bola pra frente. Seja o que Deus quiser!

– Seu Arthur – indagou Mido, que também é cruz-altense – se chover, seu Arthur, é o mesmo jogo:

– Aí, vamos fazer como em Cruz Alta.

Comaru, atento, esclarecendo:

– Caieira, para bem informar aos ouvintes da rádio: como o Sr. fazia em Cruz Alta, quando chovia?

– Nada, deixava chover e jogava o mesmo futebol... Boa sorte pra todos, moçada!


Copyright © João Jayme
Site desenvolvido por Mérito Propaganda