Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fatos e Fotos

Baú de Relíquias - A bola não pára

Marçal

No início dos anos 50, o Internacional de São Borja era dos clubes com maior destaque no interior do Estado. Atuava em seu gramado que levava o nome do eterno presidente Cel. Serafim Dorneles Vargas.

A linha média do time, famosa, era composta por CENTURIÃO, MARÇAL e TOCO. O primeiro, com certeza e o segundo, talvez, sargento do Exército.

MARÇAL, foi diagnosticado com tuberculose e assim, reformado, não mais podendo jogar sob os olhos de seu, duplamente, chefe. Veio para Santa Rosa e atuou, sem problemas, no Aliança, justamente na arrancada do seu Berta para a formação de um grande time.


Nique, Décio, Sabiá, Diomarte, Marçal e Pinga. Agachados: Bogado, Adãozinho, Penicilina, Magre e Alceu. (Fotos acima Darcy Zoehler)

Copyright © João Jayme
Site desenvolvido por Mérito Propaganda